terça-feira, 22 de outubro de 2013



”Não há memória mais terrível do que a da pele. A cabeça pensa que esquece, o coração sente que passou, mas a pele arde, invulnerável ao tempo."

Inês Pedrosa

 

Sem comentários:

Enviar um comentário