quarta-feira, 3 de junho de 2015




“Nada mais desejava a não ser calma, a não ser um fim, nada mais desejava além de fazer cessar a rotação dessa roda, esse infindável desfilar de imagens, suprimindo-os. Desejava alcançar a paz interior, desejava desaparecer...”

Hermann Hesse

Sem comentários:

Enviar um comentário